Ludmila Ferber conta como superou adversidades por meio da fé

Cantora fala de como foi seu processo de composição de seu primeiro livro “Nunca pare de Lutar”

Ludmila Ferber conta como superou adversidades por meio da fé
 
Com 20 anos de carreira musical, Ludmila Ferber é conhecida como compositora de canções cheias de mensagens de fé e esperança. Em seu primeiro livro, “Nunca Pare de Lutar”, a pastora seguiu a linha de mensagens de perseverança e confiança em Deus, intercaladas por testemunhos marcantes de pessoas que tiveram grandes vitórias em suas vidas.

Repleto de testemunhos pessoais, a autora utiliza o termo “indesistibilidade”, que significa a perseverança em lutar em meio às adversidades. Para ela, apesar de parecer uma solução simplista, não há outra alternativa senão “agarrar-se a Deus, buscar n’Ele e em sua palavra a graça, o suporte, as ferramentas da fé e da esperança para aguentar firme a fornalha mais ardente, o deserto mais seco, o vale mais profundo”.

Nesta entrevista, Ludmila fala em como superar problemas atuais como depressão, desilusões dentro das igrejas e conta um pouco de seus planos futuros.

Acompanhe:

Gospel Prime – Como foi sua conversão? O que isso impactou em sua vida e família?

Ludmila Ferber – Ah, deixo a curiosidade para os queridos leitores saciarem nas páginas do meu livro!!

GP – Hoje em dia é muito procurada para aconselhamento? Acredita que Deus tenha lhe dado um dom nesta área?

LF – É inevitável que, por onde eu passe, as pessoas procurem um conselho, uma palavra de ânimo, uma oração, mas, também, um abraço carinhoso, um olhar com ternura. Jamais negarei tais coisas às pessoas que cruzam meu caminho.

GP – Em seu livro a senhora fala em momentos de altos e baixos na vida do crente. Qual foi seu momento pessoal mais difícil, em que chegou a perder as esperanças e fé? Como conseguiu superar essa situação?

LF – O último capítulo fala sobre este momento, e revela o grande amor de Deus que me sustentou e sempre me sustentará para superar todos os obstáculos.

GP – Conte-nos uma história de cura que presenciou ou tomou conhecimento e que considere impressionante.

LF – Conheça o testemunho de CM:

Desde a minha conversão, tenho sido ministrada por Deus através da vida e canções da Pra. Ludmila. Mas gostaria de testemunhar do que Deus fez há três anos atrás. Meu marido estava prestes a ser ordenado pastor e estávamos passando por algumas situações difíceis no nosso ministério quando em uma manhã, do nada, eu simplesmente não consegui mais andar, da cintura pra baixo nada se movia e a dor era insuportável! Uma irmã emprestou-me o dvd “Nunca pare de lutar” e em cada canção Deus ministrava de uma forma profunda e especial, pois falava da cura (que eu necessitava no momento), que “buscar a face de Deus era preciso”, que eu “não deveria parar de lutar” e principalmente, que “vale a pena ser profeta”!!! “O escape, o descanso, a cura vieram sem demora” em minha vida.

GP – A senhora diz que sonhos e visões são linguagens espirituais poderosas. Como Deus usa especificamente os sonhos? Houve um período em que a igreja evangélica voltou-se a esse fenômeno? Como foi isso?

LF – Os sonhos são elementos que funcionam como “molas propulsoras” que nos empurram para a dinâmica da vida no cumprimento dos desafios que estão diante de nós! Nos motivam, nos norteiam, nos mantém vivos. Como diz meu precioso amigo e mentor, apóstolo René Terra Nova: “O indivíduo não morre quando perde a vida, o homem morre quando deixa de sonhar…” A época em que esta linguagem dos sonhos de Deus se manifestou com intensa força foi a partir de 1999, ano em que justamente conheci esta realidade através do apóstolo René Terra Nova.

GP – Também diz no livro que cresceu com a “síndrome do fracasso’. Como se livrou disso?

LF – No capítulo em que conto minha experiência com a descobrimento desta síndrome, exponho detalhadamente como fui livre dela. Daí, nasceu a canção “O Verdadeiro Amor”. Vale a pena conferir!

GP – A depressão é hoje um dos maiores problemas da atualidade. Como se livrar disso, à luz dos ensinamentos de Deus?

LF – Parece muito simplista o que vou declarar, mas, o fato é que acredito com todas as forças que, na verdade, o “simples” é o “caminho”: agarrar-se a Deus, buscar nEle em em sua palavra a graça, o suporte, as ferramentas da fé e da esperança para aguentar firme a fornalha mais ardente, o deserto mais seco, o vale mais profundo. Porque, como está escrito, “Os céus e a terra vão passar, mas as Minhas Palavras jamais passarão”. Deus mesmo se incumbe de que todas se cumpram em nós, através de nós. Porque também está escrito, e eu creio e atesto: “Deus é fiel”!

GP – Hoje a igreja evangélica brasileira passa por muitos problemas, divisões e escândalos. Com isso, muitos desistem de seus ministérios e mesmo de frequentar igrejas por causa das desilusões. Que mensagem gostaria de passar a eles?

LF – “Cristo em nós, a esperança da Glória de Deus”! Há, e sempre haverá, um remanescente que se levanta na hora do “Céu”, e muda, transforma de forma positiva, poderosa, profunda e espetacular a nossa vida, a nossa história, a nossa geração, os tempos, as estações, tudo ao redor. Nunca pare de lutar, nunca pare de adorar e servir a Deus, com amor, fé, esperança e devoção!

GP – Quais os planos futuros ministeriais e pessoais, incluindo na música?

LF – Basicamente, o que posso adiantar é que já estou em processo de gravação de um CD/DVD com todas as músicas inéditas, e um novo livro para agosto de 2013. Mas, além disso, nossas viagens pelo Brasil e pelo mundo estão sempre na rota desta minha jornada de vida!

A imaginação é tudo..É uma visão prévia de todas as atracções futuras da vida.

"Seja o que for que a mente..possa conceber ela poderá alcançar"...Eu cresci verdadeiramente acreditar que a vida era difícil. Com alguma maturidade da vida, decidi o que realmente queria para a minha vida. A visualização é o processo de criar imagens de nós próprios na nossa mente e desfrutar daquilo que desejamos. ""Quando visualiza, gera pensamentos poderosos e sentimentos de posse"" A lei da atracção desenvolve essa realidade, tal como a viu na (sua) mente. Espere sempre as coisas que deseja, e não espere as coisas que não quer.